IMG_3505-0.jpg

TATP – a molécula do TERROR em #PARIS

Uma molécula foi também protagonista na série de atentados covardes de terroristas em Paris. O explosivo dos 7  kamikazes  continha a mesma  substância: a TATP. 

  
Altamente explosivo, TATP é obtido pela reação da acetona com a água oxigenada – resultando no triperóxido de triacetona. É um sólido cristalino branco que funde a 91°C.  Mas é muito instável: um choque mecânico, térmico ou elétrico pode deflagrar a detonação.

  
A velocidade de expansão do gás produzido na decomposição exotérmica do TATP é de 5300 m/s. Isto equivale a uma ventania de 19 mil km/h no local da explosão.  A substância não contém nitrogênio e, portanto, não é detectado em muitos dos dispositivos de segurança (estes procuram por compostos nitrogenados). Estas características a tem tornado frequente na escolha dos terroristas. 

No caso recente em Paris, assim como em tantos outros, a Química e a religião são usadas para fazer o terror; como sugere o apelido que os próprios terroristas dão a este explosivo : “Mother of Satan”.

Saiba mais em 

http://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/ac020392n
Canal Fala Química 

Posted in Maravilhas da Química and tagged , , , , .