IMG_1722-0.JPG

MISTÉRIO nas Pirâmides de TEOTIHUACAN: o rio de Mercúrio!

Enorme quantidade de mercúrio líquido foi encontrada por arqueólogos em uma câmera secreta na antiga cidade Maia TEOTIHUACAN.

 
O mercúrio formava um pequeno lago na tumba – indicando um rio subterrâneo. Este elemento é o único metal líquido na temperatura ambiente e, para os Maias, era o mais nobre dos metais e normalmente usado em oferendas.

O mercúrio era obtido a partir do minério cinabre (HgS, sulfeto de mercúrio), relativamente abundante em alguns sítios da América central.

 A redução do minério podia se feita tanto pela combustão, produzindo Hg(l) e o gás dióxido de enxofre,  ou pela pirólise, com a produção de Hg(l) e de S(g). 

 
O pó do minério era muito usado como pigmento vermelho em tintas para roupas e também aplicado na pele, durante rituais religiosos. Este mesmo pigmento foi usado por várias civilizações antigas, como egípcios, persas e fenícios.

  
Os arqueólogos dizem ter indícios de que o mercúrio encontrado nesta pirâmide faz parte de um antigo rio subterrâneo de mercúrio que está ligado a tumba. 

Saiba+ em http://www.archaeology.org/news/3238-150427-mexico-teotihuacan-mercury

Canal Fala Química

Posted in Maravilhas da Química and tagged , , , , , .