O que é um paper?

O que é um PAPER? Saiba exatamente o que é um ARTIGO CIENTÍFICO

O ARTIGO CIENTÍFICO: saiba O QUE É e quais OS PASSOS necessários para sua PUBLICAÇÃO.

Logo no início da graduação, os estudantes de Química se deparam com a vasta literatura científica. Já nas primeiras disciplinas recebem, de seus professores, REFERÊNCIAS a ARTIGOS CIENTÍFICOS.

É difícil conseguir publicar um paper

É bastante difícil conseguir publicar um paper

Hoje o seu Canal FalaQuímica vai responder as seguintes perguntas:

Papers na ASC Nano

Papers na ASC Nano


a) O que é um artigo científico?

b) Qual é a diferença deste para um texto normal?

c) Como reconhecer um artigo científico?

d) Quais são os passos necessários para a publicação de um artigo científico?

 

Bem, primeiramente vamos definir do que estamos falando:

 

  • O QUE É UM ARTIGO CIENTÍFICO

Um artigo científico é um documento que contém a descrição de descobertas inéditas na ciência onde está inserido. Contém a descrição do método, apresentação e discussão dos resultados e as conclusões dos autores, baseados nas evidências e epistemas sugeridos.

 

Um artigo científico, ao contrário de qualquer texto que você encontra na internet (tal como este) ou em livros, é necessariamente produto de uma criteriosa avaliação cética por vários membros acadêmicos, cientistas; desta maneira, pode-se aceitar um artigo como verdade científica. Já um texto normal não necessariamente contém a verdade, pois não passa por avaliação cética.

Um exemplo de Paper

Um exemplo de Paper

 

A forma mais simples de reconhecer um texto como sendo um artigo científico é o DOI: Digital Object Identifier, um número que deve aparecer logo no início do artigo. Mas atenção: embora TODOS os artigos científicos tenham DOI, nem todos os documentos com DOI são necessariamente artigos científicos. É necessário também verificar a revista ou jornal onde o documento foi publicado. Esta, precisa ser INDEXADA. No caso de artigos de Química, a revista deve ser indexada a pelo menos uma das grandes BASES DE DADOS CIENTÍFICAS mundiais, tal como a ISI, Scopus, Scielo, entre outras.

 

Outro exemplo de Paper - veja o DOI em destaque

Outro exemplo de Paper – veja o DOI em destaque

O jornal ou revista deve submeter os artigos à revisão por consultores científicos especializados no tema. Só assim podemos chamar aquele artigo de científico.

 

  • Quais são os PASSOS NECESSÁRIOS para REDAÇÃO de um Artigo Científico

Tendo sido estabelecido um projeto de pesquisa inédito, a primeira coisa a fazer é muito trabalho árduo no laboratório: o químico precisa fazer experimentos, acumular dados experimentais, formular hipóteses, testar as hipóteses no laboratório e complementar o trabalho com mais ensaios no lab.

Findo a parte experimental, o químico precisa fazer um levante da literatura científica atual para descobrir o impacto e o ponto de inserção de seu trabalho no contexto científico mundial. É necessário se estabelecer a relevância de sua descoberta no cenário acadêmico. Quanto mais relevante, melhor o jornal para onde o artigo a ser redigido será submetido.

Exemplos de Jornais Científicos

Exemplos de Jornais Científicos

  1. REDAÇÃO

A redação do artigo segue, na maioria das vezes, 4 etapas: uma introdução, que indica, através de uma revisão da litereatura, artigos semelhantes concordantes ou discordantes e justifica o trabalho apresentado. Em seguida, há a descrição da metodologia experimental, onde todos os experimentos e equipamentos utilizados devem ser bem explicados, para que o trabalho possa ser reproduzido em qualquer lugar do planeta. A terceira etapa é a apresentação dos resultados, sob a forma de figuras e tabelas. Estes resultados são também discutidos, espaço onde o autor defende suas hipóteses baseados nas evidências experimentais que obteve. Finalmente, o autor compila as principais conclusões de seu trabalho.

Todas as referências a artigos científicos existentes usados na sua redação devem estar explícitas no final do seu documento.

2. SUBMISSÃO

Uma vez redigido, o manuscrito deve ser submetido a um JORNAL científico. Normalmente, escolhemos o jornal baseado no tema do trabalho e, sobretudo, no FATOR DE IMPACTO do periódico; isto é um número gerado baseado na quantidade de vezes que os trabalhos publicados neste jornal serão citados por outros artigos na literatura científica.

 3. AVALIAÇÃO CIENTÍFICA

Quando o manuscrito é submetido, o Editor do Jornal pode o recusar prontamente. Caso aceite, ele irá submeter o manuscrito aos REFEREES (revisores): grupo de cientistas de alta competência que irão ler e revisar o trabalho submetido. Cara refereee irá avaliar o texto, os resultados, a discussão e as conclusões. Eles também irão procurar na literatura outros trabalhos semelhantes, para evitar plágio e também para comparar resultados conflitantes.

Cada referee tem o poder de aceitar ou recusar o artigo; também podem (o que normalmente ocorre) recomendar alterações, correções, inclusões de dados suplementares e mais fomento à discussão dos dados apresentados. Os referees também vão apresentar questões para ser respondidas pelo autor.

O manuscrito então volta ao autor, para que faça as correções/inclusões necessárias. Então este volta novamente par aos Referees para que confiram se as correções ou inclusões foram devidamente e se as respostas são satisfatórias.

  4. PRELO

Finalmente, se aceite, o artigo entrará “no Prelo”, isto é, na fila para publicação. Hoje em dia, o artigo já está disponível para leitura mesmo nesta etapa, de maneira exclusivamente on line. Fique ligado nos Artigos ASAP: o falaQuimica tem publicado vários destes artigos no Twitter.

 

Portanto, seja sempre cético com qualquer texto que não for um artigo científico. Revistas populares de adolescentes, como Super Interessante, Galileu, Mundo Estranho, sempre fazem muita confusão e cometem muitos erros: nuca acredite nelas. São apenas mercenários: querem vender publicidade através de uma máscara de ciência – mas vivem metendo os pés pelas mãos. Lembre-se de que estas revistas não são científicas – são produtos de empresas como rede Globo ou Abril.

Para conhecer alguns artigos científicos de verdade, fique ligado no Canal Fala Quimica ou acesse:

http://pubs.acs.org

http://www.sciencedirect.com

http://periodicos.capes.gov.br

http://wokinfo.com/webtools/searchbox/

 

Veja os papers mais quentes da semana sempre em:

http://facebook.com/falaQuimica

http://twitter.com/falaQuimica

 

Canal Fala Química

Posted in Maravilhas da Química, Sala.de.Aula and tagged , , , , , , .